terça-feira, 20 de maio de 2008

Técnica de dobragem de plantas

Observe na foto como a planta dobrada tem as suas ramas projetadas para a luz

Muitos cultivadores sofrem com o pouco espaço que os sobra para levar a cabo os seus cultivos de interior, tendo problemas com possíveis queimaduras em suas plantas. Também aqueles que plantam em exterior e tem problemas com plantas que crescem muito e acabam mostrando-se por por muros ou tapumes das casas a vizinhos e pedestres.
A criaçao da técnica de dobragem de plantas foi uma soluçao digamos "horizontal" para resolver muitos problemas de espaço em geral nos cultivos de todo o mundo.
O Informativo cannábico traz para voce todas as informaçoes de como fazer uma planta literalmente "crescer para o lado"!

Bem, primeiramente vamos explicar o porque de dobrar uma planta. Dependendo da espécie e da quantidade te terra que a planta tem para formar raízes o seu tamanho pode ser de 60cm até 4 metros. Variedades como a cannabis sativa sao muito grandes variando de tamanho em 1 a 4 metros de altura. As cannabis índica e afghana sao um pouco menores tendo os seus tamanhos entre 1 e 2 metros de altura, já a cannabis ruderalis é a menor de todas medindo entre 60cm e 80 cm. A quantidade de terra é fundamental para saber se a planta vai crescer muito ou nao, plantas sativas plantadas em solo viram monstros enormes e já em vasos de 8 litros de terra nao chegam 2 metros de altura.

A questao onde queremos chegar é a de que um cultivo em interior fica difícil deixar a planta crescer por que ela pode chegar até a lampada e queimar, entao é muito importante respeitar a distancia entre a planta e a lampada que sao: para lampadas de 250w. 15cm, para as de 400w. 20cm e para as de 600w 30cm de distancia. A planta que sofre uma queimadura tem o seu metabolismo diminuído até que ela se recupere da queimadura, o que pode levar de 2 a 5 dias e a parte afetada nao volta mais a ser verde.

Em um armário de 2 metros de altura com uma lampada de 400w já se sai perdendo de cara 20cm de espaço em altura entre a planta e a lampada, mais o espaço de 20cm da instalaçao da lampada e mais o espaço do vaso que é geralmente de 30cm (vaso 8 litros), total de 70cm de altura perdida. A altura efetiva que sobra para o crescimento da planta é de 1 metro e 30cm.

Plantar uma índica ou afghana nesse armário já é dificil ! Imaginem uma sativa? Impossível!!!Temos que levar em conta que a planta cresce quase o o mesmo tamanho que atingiu no seu crescimento vegetativo em sua floraçao, ou seja, se vc induziu a floraçao da planta trocando o foto-período quando ela tem 80cm ela vai chegar a quase 1,60m quando estiver acabando a floraçao, e nao adianta induzir esta floraçao antes da planta ganhar a maturidade para a floraçao, que é quando saem as pré flores, mais ou menos quando a planta chegar ao seu décimo terceiro talo(Ramas Laterais).

Existem muitas técnicas para fazer a sua planta crescer menos ou freiar o seu crescimento. Usar uma quantidade menor de terra é uma soluçao para a planta crescer menos, a poda é outra soluçao usada para isso. Também as técnicas de estanque de crescimento com tela como o scrog. O cultivo de plantas clonadas e híbridos de ruderalis resultam em plantas pequenas e facilitam também. Mas o mais fácil de todas as técnicas é esssa porque se pode fazer em qualquer planta e nao tem contra indicaçao, nao necessita cálculos de tamanho de planta e quantidade de terra, nem de telas, nem a busca de uma semente específica ou a produçao de clones. Ë só dobrar e amarrar!!!

A dobragem consiste em se trabalhar o caule com cuidado projetando levemente em forma de arco fazendo com que a planta envergue mas nao quebre. Com um laço frouxo envolva o caule e amarre a planta em algum ponto fixo mais baixo que ela. (Usar um cordao de nylon macio e nao apertar o nó no caule). Essa técnica só pode ser aplicada enquanto a planta está na fase do crescimento vegetativo (foto-período 18/6). Se esse processo é realizado em meio a fase de floraçao os hormonios da planta se modificam muito podendo transformar a planta em hermafrodita.

Depois que a dobragem é feita a planta leva de 3 a 7 dias para se recuperar e nesse tempo ela coloca todas as suas ramas e camaroes apontados para a luz, vc poderá educar algumas ramas que ficarem desprovidas de luz guiando-as até a luz e amarrando-as até que fiquem sózinhas na posiçao.

Existem plantas mais maleáveis que outras fazendo com que o serviço fique mais fácil, as sativas sao muito flexíveis e já as índicas sao mais problemáticas para esta técnica pq sao duras, mas com um jeitinho vai. O segredo é ir trabalhando a planta devagar uns tres ou quatro dias antes da dobragem final, tem que tomar cuidado para que o caule nao se quebre, pq se isso acontecer vc terá que fazer uma tala de palitos de picolé na planta e depois vai ficar muito difícil executar a técnica novamente.

Bem, agora vc já vai poder plantar aquela sativa que vc nunca plantava porque nao tinha altura suficiente para isso, ou aquela índica grande com muuuuuuita terra. Já os que plantam em ezterior nao vao se incomodar com a ponta da sua planta de amostra para todos! Hehehehe.

Boa sorte e boas dobradas!

Planta dobrada pronta para a colheita.





3 comentários:

GREEN DRAGON disse...

P0is é, ag0ra ñ tem + desculpas do tipo: tenho p0uco espaço.
Digo p0r eu mesmo..hehehehe

B0a d0ctor!!!

KEEP GROWING

jovanaldo disse...

AH QUE SONHO PLANTAR MINHA MASSA !!
VALEU CARA A PLANTAÇÃO JÁ COMEÇOU!

Anônimo disse...

Mano tenho um pe de sativa que plantei a semente de um prençado,,ta em um vaso de 4 litros da pra tirar um fumo? Valeu